Meu querido Frankenstein

Meu querido Frankenstein

Herman Munster

 

De volta ao trabalho com força total 🙂 ieiiii

Hoje vamos falar como unir pedaços e retalhos de manta acrílica ou enchimento do sanduíche do patchwork.

Nós que utilizamos bastante manta acrílica em nossos trabalhos, nos restam muitos pedaços e retalhos, em tamanhos e formas diferentes.

Se você é como eu, guarda cada pedaço. Venho fazendo isso por muito anos, até que me deparei com uma quantidade incrível. Fui forçada a tomar uma atitude. (a foto ilustra somente parte do que tenho guardado. Esses pedaços são basicamente tiras.)

Adoro reutilizar, reciclar, não desperdiçar  materiais. Então porque não dar uma finalidade feliz a esses restos? Não só por toda questão ecológica, também pela questão financeira. A final de contas, já pagamos pelo material.

É isso mesmo, remendei a manta acrílica ao estilo Frankenstein! Incrível, você pode remendar até chegar o tamanho que precisa para um novo projeto! Confesso que não remendaria com muitos pedaços pequenos se a intenção for uma manta. Aí vale o bom senso.

Fiz assim:

– Para dar início ao novo hábito, sempre que tiver restos, separe num saco com zíper por exemplo. Eles são ótimos, mantém limpinho sem cheiro de guardado. Separe por qualidade, tipos, fabricantes, gramatura.

 

 

– Acerte as beiradas dos pedaços que for utilizar com cortes retos e limpos, utilizando o cortador circular e régua.

 

– Cortei a manta em mais duas partes e misturei para ficar bem Frankenstein.

 

– Escolha o ponto Zigzag. Se possível utilize um pé calcador aberto, facilita para visualizar, se não tiver, o pé calcador tradicional serve perfeitamente.

– Centralize a união da manta de maneira que no momento da costura o ponto alcance os dois lados da manta com a mesma distância.

 

Não puxe e não empurre, guie. Deixe a máquina levar. Não aperte muito o ponto para não enrugar, tem que parecer natural.

Nessa demonstração utilizei o ponto no tamanho 2.0 da minha máquina. Mas, vá em frente e brinque com sua máquina, veja o que funciona melhor para você.

 

E remende!

 

Apare novamente, na medida que quiser.

 

A emenda fica imperceptível visualmente, inclusive no tato.

– Se optar por fazer a mão, utilize o ponto chicote. Lembre-se de que não vai costurar a manta uma sobre a outra como no patchwork, a manta fica paralela. Certo?

 

Esse outro Frankenstein aqui, olha para onde foi:

Mal da para ver, não é? Não precisei utilizar muitos pedaços pois é um mini quilt.

Espero que tenha gostado da minha idéia. Escreva para mim para dúvidas ou comentários, vou adorar receber sua mensagem.

Boa sorte.

Beijo, Virginia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

QT0FVq

Please type the text above: